Por que estudar inglês na infância?

É inegável a necessidade do domínio do inglês para o sucesso acadêmico e profissional de um jovem ou adulto. Pesquisas mostram que menos de 4% da população brasileira domina o inglês e, desses, apenas 1% é fluente na língua. Isso significa que o domínio do idioma ainda é um grande diferencial no mercado de trabalho. Por conta disso, o contato com a língua desde a infância traz enormes vantagens, abrindo ainda mais portas do que para quem estabelece esse contato apenas na vida adulta. Fato! Mas, quando é o melhor momento de começar a estudar o idioma?

O período entre 4 e 10 anos é considerado o período mais latente para a aprendizagem de línguas. Neste período, a criança possui uma propensão natural para aprender e o seu cérebro funciona como uma “esponja”, absorvendo tudo de forma intensa e natural.

“A criança possui uma imensa curiosidade e entusiasmo para aprender, descobrir, se encantar… e nós, adultos, temos a obrigação de canalizar isso para coisas que farão a diferença na vida delas no futuro” – explica Prof. Willians – Diretor Pedagógico da Rede JET.

Além disso, esse é o momento em que a criança dispõe de maior maleabilidade do aparelho fonador, que permite a reprodução de sons de qualquer idioma com precisão próxima à de um nativo.

Conheça os principais benefícios que corroboram a recomendação de colocar as crianças em contato com o inglês o mais cedo possível:

  • melhor desempenho escolar;
  • maior sociabilidade e diminuição da timidez;
  • melhores habilidades de comunicação;
  • desperta competências artísticas;
  • maior desenvolvimento cognitivo;
  • a mente torna-se mais flexível e criativa;
  • maior habilidade de resolução de problemas;
  • maior concentração e atenção seletiva;
  • formação de um cidadão conectado com um mundo global e dinâmico;
  • pré-disposição para interagir com pessoas de diferentes culturas;
  • facilidade para aprender novas línguas estrangeiras;
  • preparação sistemática para viagens, programas de intercâmbio no exterior e exames internacionais de proficiência.

Vale lembrar, no entanto, que o ensino de idiomas para crianças exige cuidados especiais, pois elas não aprendem da mesma maneira que os adultos. Assim, os aspectos a serem levados em conta na hora de escolher uma escola de inglês para o seu filho são: metodologia, qualificação dos professores e ambiente da escola. Tudo deve ser condizente com a idade e perfil dos pequenos aprendizes. As aulas devem seguir uma metodologia que prioriza, por exemplo: temas multiculturais, atividades lúdicas, atividades com contos e histórias, atividades com vídeo e músicas, jogos e brincadeiras, dramatização, ambiente e cenário divertidos, interessantes e prazerosos.

Por fim, ao escolher uma escola de idiomas para o seu filho, dê preferência àquela que compartilha da mesma filosofia e valores da família e dá atenção à maturidade emocional e cognitiva das crianças.

Como os pais podem ajudar no processo de ensino do inglês?

Essa é uma dúvida frequente mesmo para os pais que já falam o idioma. Afinal, queremos ajudar, mas, às vezes, acabamos atrapalhando mais do que ajudando. Vejamos algumas reflexões.

  • É essencial que os pais se envolvam na vida escolar dos filhos. Porém, sempre demonstrando incentivo para o aprendizado do inglês, sem sufocar as crianças com cobranças ou expectativas fora da realidade. Não cobre a tradução simultânea de textos, músicas ou filmes ao testar o conhecimento das crianças, especialmente na frente de outras pessoas. Isso não é natural e está muito distante da realidade dos pequenos.
  • Sempre reaja de forma positiva à tentativa de a criança se expressar no idioma para que ela desenvolva autoconfiança e combata a inibição.
  • Estimule a prática do idioma em casa, mas sem pressão. Isto pode ser feito por meio de seções de estudo com livros, filmes, seriados, desenhos e outros recursos apropriados à idade.
  • Promova ambiente e horários adequados para as atividades e tarefas de casa. Converse com os professores sobre as instruções e maneiras eficazes de auxiliar no acompanhamento das crianças.

Por fim, acompanhe e curta esta fascinante jornada de aprendizagem de idiomas com seus filhos, planejando viagens e contato diário com o inglês.

Esta matéria faz sentido para você?  Conheça nossas escolas e o estágios JET Kids – especialmente voltados para crianças. 

CompartilheShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrPin on Pinterest

Você também pode gostar...